ENTREVISTA: Artista plástico Denis Matos



Dando sequencia as comemorações dos 200mil acessos do Câmera Notícia neste mês, onde prometemos e cumprimos em apresentar todas as segundas de junho uma entrevista inédita e exclusiva com artistas e jornalista. Em 4/06 mostramos uma entrevista com a artista de rua Nina Pandolfo, depois em 11/06 teve o bate papo com nosso colunista de Ginge, Nando São Luiz. Em 18 de junho foi a vez da jornalista alagoana Michelle Barros, atual repórter da Globo São Paulo. E hoje 25 de junho mostraremos a última entrevista desse especial.


                                                                ENTREVISTA




Ele é uma artista plástico alagoano, suas obras é decorrente do cubismopintor cubista tenta representar os objetos em três dimensões, numa superfície plana, sob formas geométricas, com o predomínio de linhas retas. Em suas obras têm pessoas e paisagens retratadas, bem como da harmonia das cores e do uso perfeito de velaturas; seus temas retratam o cotidiano de sua terra, indo das poéticas marinhas e naturezas mortas até os polêmicos nus artísticos, assim como a vida política e sócio-cultural do povo alagoano. Tem o curso de Especialização no Ensino das Artes Visuais pela Universidade Federal de Alagoas e cursos de aperfeiçoamento em arte: “Técnica de Desenho Arquitetônico” e “Educação Artística/Pintura”. O nome dele é Denis Matos 



                                                                                      
                                                 
                                                                          FOTO: Saladamagazineonline




São Francisco tropical
Câmera Notícia: Ser artista plástico é ter um dom? 
Denis Matos: Evidente, nascemos com esta qualidade inata.

Câmera Notícia: Em qual momento descobriu o talento pelas artes plásticas? 

Denis Matos:Ainda criança quando fazia os meus primeiros rabiscos que eram na verdade contornos perfeitos dos assuntos retratados.
Câmera Notícia: Qual a técnica utilizada em sua obra? 

Denis Matos:Atualmente utilizo a técnica da acrílica sobre tela, mas já usei outras técnicas como a guache, o óleo, o nanquim entre outras.

Câmera Notícia: A qualidade dos pincéis e tintas limitam a criatividade? 
Nú Frontal

Denis Matos:De forma alguma, o artista tem o dom da criação, a técnica é o meio utilizado para apresentar seu trabalho. 

Câmera Notícia: Antes de começar uma pintura você faz um croquis ou vai direto à tela? 


Denis Matos:Tudo na vida deve ser planejado para obter-se um bom resultado, logo esboço quase sempre o que vou pintar. Porém, a momentos que não dar tempo para tanto e vou direto com o pincel na tela ou outro suporte.

Câmera Notícia: A arte é uma produção intelectual primorosa, onde as emoções estão inseridas no contexto da criação, porém na historia da arte, vemos que muitos artistas são derivados de outros, seguindo técnicas e movimentos artísticos através do tempo, você possui algum modelo ou influencia de algum artista? Quem seria? 

Denis Matos:Sou da escola cubista e me identifico com Di Cavalcanti, Picasso entre outros.






Jangadeiros alagoanos








Denis Matos em entrevista a Tv Educativa parte 1

Denis Matos em entrevista a Tv Educativa parte 2



Cobra fumando
Câmera Notícia: Qual sua intenção, que mensagem você quer passar além da beleza a ser contemplada por suas telas? 

Denis Matos:Tenho como meta na minha pintura documentar minha Terra e seus personagens, pra não sermos um povo sem memória, sem história.

Câmera Notícia: Qual dos seus quadros que depois de pronto mais te encantou? deve ser uma pergunta difícil. 

Denis Matos: Aquele onde consegui inserir minha assinatura, nas veladuras do próprio cubismo da figura retratada cujo título da obra é: São Francisco tropical. Uma visão pessoal deste santo num cenário bem brasileiro. É um óleo sobre tela.

Câmera Notícia: Quanto tempo você geralmente demora a terminar um quadro? 
Farol da Jatiúca


Denis Matos: Depende da vontade de terminar a obra em si. É muito variável, não sou máquina copiadora. Pinto por prazer, não por obrigação.

Câmera Notícia: Você foi jurado no XIV Salão TRT 19ª Região de Pintores Alagoanos. Como você avalia os novos artistas do gênero que surge em Alagoas? 

Denis Matos: Os gêneros existem, os artistas é que fazem aqui e agora muito tardiamente o pós-modernismo. Avali-os como verdadeiros pesquisadores e corajosos. Espero que cientes de que não há mercado ainda para suas obras em Alagoas, mas que voem para mais longe e alcance reconhecimento lá fora e aqui.

Câmera Notícia: Que conselho daria pra eles e outros que queiram se ingressar no ramo? 

Denis Matos: A arte é um canal de liberdade de expressão. Isto ninguém tira de quem a tem. Não vivam só no lúdico, mera utopia. Saibam que a realidade das artes e cultura em nossa Terra não interessa aos nossos gestores governantes. Somos mais usados que reconhecidos. Cuidado!



Estrela de Davi
RESPONDA RÁPIDO
Alagoas – Minha Terra.
Cultura – A melhor forma de se avaliar um povo.
Cubismo – O jogo das deformações belas.
Minhas telas é – Resultado dos meus pensamentos.



________________________________________________


Fonte de Pesquisa: Portal Cultura de Alagoas
FOTOS: Arquivo pessoal do artista
Produção: Marcos Cavalcante
Realização: Câmera Notícia



2 comentários:

  1. Caro editor, a foto da pessoa sentada é do artista plástico Persivaldo Figueirôa; e não do Denis Matos. As outras imagens não conseguir visualizar. No mais parabenizo pelo bom trabalho do site. Ronaldo Araújo

    ResponderExcluir
  2. O Câmera Notícia agradece ao alerta feito por Ronaldo Araújo. Na hora da publicação confundimos a foto do artista Persivaldo com a do Denis, isso se deu por conta de uma confusão feita nos monitores de buscas do Google em que creditava numa mesma manchete a imagem de Persivaldo com a do Denis,porém só a de Persivaldo aparecia.

    Desde já o Câmera Notícia reafirma o compromisso de ficar atento a esses detalhes. Corrigimos o erro e já atualizamos a entrevista com as imagens do artista Denis, e com as fotografias de suas obras. Agradecemos mais uma vez a informação de Ronaldo Araujo, bem como sua visita e o elogio pelo trabalho desenvolvido pelo site, que é de resgatar com divulgação os trabalhos artísticos local esquecidos por conta do pouco investimentos recebidos.

    ResponderExcluir

Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Serão suprimidos todo e qualquer comentário com teor preconceituoso.