Governo diz que 77 morreram em queda de avião militar na Argélia

Um avião militar de transporte caiu no leste da Argélia, matando todas as 103 pessoas que estavam a bordo (Foto: Mohamed Ali/AP)
Um avião militar de carga que transportava parentes de membros das Forças Armadas caiu no leste da Argélia nesta terça-feira, matando 77 pessoas, informou o Ministério da Defesa, menos do que os 103 mortos citados pelas agências internacionais e pela mídia local inicialmente.
O ministério afirmou em comunicado que o mau tempo foi provavelmente a causa do acidente, um do piores acidentes aéreos no país do norte da África em uma década.
"O avião colidiu contra uma montanha e explodiu. Vários corpos foram carbonizados e não poderão ser identificados", disse uma autoridade local à Reuters por telefone da província de Oum El Bouaghi, a cerca de 500 quilômetros da capital, Argel.
A TV privada Ennahar afirmou, citando "fontes informadas", que 103 pessoas teriam morrido. Outra autoridade disse mais cedo à Reuters que uma pessoa sobreviveu à queda e 53 corpos haviam sido recuperados até agora.
O Ministério da Defesa afirmou que criou uma comissão para investigar o acidente. "Detalhes serão fornecidos assim que novas informações estiverem disponíveis", disse o ministério em comunicado divulgado pela agência de notícias. O chefe do Estado Maior e vice-ministro da Defesa, Agmed Gaid Salah, devem ir ao local da queda da aeronave, acrescentou.
O avião de carga decolou a partir da província de Tamanrasset, no sul da Argélia, e voava para a cidade de Constantine, no leste do país, disse a APS.
Em 2003, um avião da companhia Air Algerie caiu pouco depois de decolar de Tamanrasset, matando 102 pessoas na Argélia.

G1

0 comentários:

Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Serão suprimidos todo e qualquer comentário com teor preconceituoso.