Inscrições para o Enem 2014 serão abertas na segunda-feira, diz MEC

O presidente do Inep, Francisco Soares, o ministro Henrique Paim, e o secretário-executivo do MEC, Luiz Cláudio Costa (Foto: Filipe Matoso/G1)As inscrições da edição de 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão abertas na próxima segunda-feira (12), afirmou nesta quinta-feira (8) a assessoria de imprensa do Ministério do da Educação. As regras das provas deste ano serão publicadas em um edital na edição desta sexta-feira (9) do "Diário Oficial da União", diz a pasta. Entre as novidades anunciadas pelo ministério está a tradução do edital para aumentar a acessibilidade dos estudantes surdos e cegos, e o uso de detectores de metal nas salas de aplicação das provas, para coibir tentativas de fraude.
Assim como nos anos anteriores, o Enem será realizado em dois dias. Em 2014, ele acontece em 8 e 9 de novembro. No dia 8, um sábado, os candidatos farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza entre as 13h e as 17h30 (no horário de Brasília). No dia 9, domingo, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Neste dia, o Enem será mais comprido, e acontecerá entre as 13h e as 18h30 (também no horário de Brasília).
"Nós sabemos o quanto o Enem é importante para o país do ponto de vida de oportunidades. Há uma grande responsabilidade do MEC na produção desse processo", afirmou o ministro da Educação, Henrique Paim, em entrevista coletiva na tarde desta quinta. "Na medida em que o processo do Enem vai sendo aperfeiçoado, vamos ganhando confiança e, com isso, gerando maiores oportunidades."
Paim reiterou que o Enem "é um processo complexo" que exige atenção dos participantes e familiares. "É importante que cada futuro participante tenha atenção para esse nível de detalhe do edital, para que a gente possa cumprir de forma correta a aplicação do Enem."
Números da edição 2014
O ministério prevê receber 8,2 milhões de inscrições no Enem, cerca de um milhão a mais do que no ano passado. O número de alunos que participaram dos dois dias de provas em 2013 foi de pouco mais de 5 milhões. "O aumento nas inscrições se deve à adesão ao Sisu [Sistema de Seleção Unificada], o Ciências Sem Fronteiras, que exige o Enem para participação, todos os  programas, como o Prouni [Programa Universidade para Todos] e Fies [Fundo de Financiamento Estudantil], que abrem caminho de oportunidades e cada vez mais jovens e adultos que não tiveram oportunidades antes fazem o Enem para ter mais acesso", disse Paim.

De acordo com o MEC, serão, ao total, 18,3 milhões de provas impressas (incluindo normal, ampliada, ledor e braile) em 1.699 municípios. Neste ano, serão 785 mil coordenadores de locais de aplicação, assistentes de coordenação, chefes de sala, fiscais e apoio. No total, serão 16,6 mil locais de prova.
CRONOGRAMA DO ENEM 2014
INSCRIÇÕES

12 de maio:
 Início das inscrições

23 de maio (às 23h59): fim das inscrições

28 de maio: último dia para pagar a taxa
PROVAS:

8 de novembro (das 13h às 17h30, horário de Brasília): 
provas de ciências humanas e ciências da natureza

9 de novembro (das 13h às 18h30, horário de Brasília): provas de linguagens, matemática e redação
Inscrições e acessibilidade
Para participar do Enem 2014, os candidatos deverão fazer sua inscrição pelo site oficial do exame entre a próxima segunda-feira e o dia 23 de maio. Segundo a assessoria de imprensa, as inscrições serão encerradas às 23h59 do dia 23.

A inscrição deverá ser confirmada por meio do pagamento do boleto até o dia 28 de maio. A taxa de inscrição será de R$ 35. A isenção da taxa vale para todos os estudantes de escola pública e estudantes que comprovarem ter renda familiar inferior a R$ 1.086.
Segundo o ministério, neste ano o edital foi traduzido em libras, a língua brasileira de surdos, e o site do Enem terá uma versão do edital incorporado a um sistema de computação acessível para cegos, chamado Dosvox.
Nos dias 8 e 9 de novembro, "o atendimento especializado, como prevê o edital, será oferecido a pessoas com baixa visão, cegueira deficiência física, surdos, com deficiência mental, intelectual, déficit de atenção, entre outros", explicou Francisco Soares, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). "Para cada uma desass situações, a pessoa vai ter que colocar na inscrição que necessita de uma dessas condições e, naturalmente, o atendimento refletirá a necessidade."
Segurança
O MEC anunciou, nesta quinta-feira, que neste ano os procedimentos de segurança contra fraude durante a aplicação da prova serão aperfeiçoados. Os fiscais de prova poderão inclusive usar detectores de metais para comprovar que candidatos não estão usando equipamentos eletrônicos durante a realização do exame.

"É um detector portátil, que será usado no ambiente de aplicação nos dois dias no momento em que o fiscal entenda que deva ser operado", explicou Dênio Menezes, diretor de gestão e planejamento do Inep.


0 comentários:

Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Serão suprimidos todo e qualquer comentário com teor preconceituoso.