Comitê Popular da Copa de SP realiza ato na porta de José Maria Marín

Comitê Popular da Copa realiza 'escracho' na porta de José Maria Marín (Foto: Divulgação/Comitê Popular da Copa)
O Comitê Popular da Copa de São Paulo realizou um ato em frente à casa do presidente da
Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, na manhã desta sexta-feira (6), em São Paulo.

O grupo fez um enterro simbólico dos dez trabalhadores que morreram na construção dos estádios para a Copa. A região dos Jardins, onde fica localizada a casa do presidente, amanheceu com colagens que falavam sobre "A Copa das Mortes".
Segundo o comitê, o objetivo "do esculacho popular foi expor, na figura de Marin, a FIFA, a CBF e as construtoras como responsáveis pelas mortes dos operários devido às condições precárias de trabalho e segurança oferecidas a eles".

0 comentários:

Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Serão suprimidos todo e qualquer comentário com teor preconceituoso.